De onze a dezesseis de junho no Centro Cultural Usiminas Instagram
Instagram

Em nossa grade de programação cultural reservamos um espaço especial para professores e educadores. Criamos um espaço de troca de experiências e aprimoramento do conhecimento, convidando sempre escritores ou profissionais atuantes na área para um bate-papo com o público.

Para esta edição, pautada no tema sublimação, sob o ponto de vista cultural, convidamos seis escritores para participar do projeto, falando ao público de suas experiências de vida e da importância da arte como um relevante mecanismo de crescimento pessoal e de transformação da sociedade.

Serão realizadas três palestras no formato de roda de conversa, previstas para ocorrer nos dias 12, 13 e 14/6, no horário das 19h30 às 21h, voltadas para educadores, professores e afins. A apresentação dos convidados e sua mediação com o público será feita pela curadora do evento, a psicóloga Marta Alencar.

Cada palestra terá 60 minutos de fala do convidado, seguidos de 30 minutos de debate com o público e, logo após, serão realizados lançamentos de livros dos convidados.

12/06
Quarta
Histórias, Integração Sensorial e a Formação do Imaginário - Novos Caminhos para Abordagem do Espectro Autista
Bate-Papo com as Escritoras
Raquel Souza (Floramanga) e Dra. Maria Aparecida Xavier

Essa roda de conversa contará com a participação da terapeuta ocupacional Maria Aparecida Xavier e a produtora cultural e contadora de histórias Raquel Souza (Floramanga). Elas falarão ao público de suas experiências de como a arte, principalmente a literária, abriu caminhos e pontes de comunicação com crianças diagnosticadas com TEA (Transtornos do Espectro Autista).

Raquel Souza

Raquel Vieira, a Flora Manga, é produtora cultural e storyteller. Licenciada em Educação Física (2007, UFMG) com ênfase em educação infantil e lazer. É também pesquisadora de contos infantis, contorcionista, capoeirista, contadora de histórias, atriz e ministra cursos de formação e oficinas. Escreveu em 2018 o livro “Lá onde voam os livros”.

Maria Aparecida Xavier

Maria Aparecida Xavier é terapeuta ocupacional, proprietária da clínica CARE – Centro Avançado de Reabilitação e Estimulação Especial, de Ipatinga. Graduada pela UFMG, tem especialização em Integração Sensorial pela Associação Americana de Integração Sensorial, trabalha com a estimulação de Visão Subnormal, é treinadora cerebral pelo método Neurofedback e é também terapeuta reikiana.

Horário: 19h30
Duração: 90 minutos
Capacidade: 724 lugares
Público: Jovens / Universitários / Professores
Teatro do Centro Cultural Usiminas
13/06
Quinta
Carolina - Uma Biografia em HQ
Bate-Papo com os Escritores
Sirlene Barbosa e João Pinheiro

Bate-papo com os autores e lançamento do livro, publicado no formato HQ, que retrata a vida de Carolina, sua infância pobre em Minas Gerais, a vida sofrida em São Paulo, as ilusões e decepções com a fama e, por fim, seu esquecimento.

O artista visual João Pinheiro e a professora Sirlene Barbosa contam a história da escritora Carolina Maria de Jesus (1914-1977). Mulher, negra e catadora de papel, ela escreveu Quarto de Despejo, livro que ficou no topo da lista de mais vendidos do Brasil e foi publicado em mais 13 países nos anos 1960, no qual narra o cotidiano na favela do Canindé, região central de São Paulo, onde morava na época. O livro traz um retrato das barreiras sociais e raciais ainda vivas no Brasil e pode abrir portas também para uma discussão qualificada sobre a ideia de prestígio e desprestígio na literatura. CAROLINA (Veneta, 2016) foi indicado ao prêmio Jabuti.

Sirlene Barbosa

Sirlene Barbosa é doutoranda em Educação pela PUC-SP e professora de língua portuguesa.

João Pinheiro

João Pinheiro é artista visual, professor e autor de histórias em quadrinhos residente em São Paulo. O artista mantém uma relação estreita com a literatura e o cinema que se manifesta em obras como o curta Malária, dirigido por Edson Oda e premiada nacional e internacionalmente; e o documentário Há muitas noites na noite, de Silvio Tendler.

Horário: 19h30
Duração: 90 minutos
Capacidade: 724 lugares
Público: Jovens / Universitários / Professores
Teatro do Centro Cultural Usiminas
14/06
Sexta
Assim Como Você
Bate-Papo com os Escritores
Jairo Marques e Marcelo Xavier

Os desafios que os cadeirantes encontram nas grandes metrópoles (e demais cidades) que não estão preparadas para recebê-los, falta acessibilidade! Mas mesmo assim, esses dois profissionais não se entregam aos obstáculos e mostram ao mundo que há muito a se aprender e a se adaptar.

Ao final do bate-papo, os convidados Jairo Marques e Marcelo Xavier convidarão a escritora mirim Andreliana Lopes Pereira para se juntar a eles e participar do lançamento do livro “A Menina de Rodinhas Vai para Escola”.

Jairo Marques

Jairo Marques é repórter e ingressou na Folha por meio do programa de treinamento da 27ª turma, em 1999, meses após se formar em jornalismo pela UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul). Depois de várias andanças pelo Brasil e conhecendo realidades de vida distintas, resolveu fazer pós-graduação em Jornalismo Social na PUC-SP. Nasceu em Três Lagoas (MS). É cadeirante desde a infância e uma das principais vozes no debate sobre a inclusão social de pessoas com deficiência física.

Autor do livro “Malacabado - A História de Um Jornalista Sobre Rodas”, Marques fala sobre a sua trajetória profissional, a estrutura de acessibilidade das cidades brasileiras, o ensino para crianças com deficiência e os principais avanços e desafios das políticas públicas voltadas para as pessoas com necessidades especiais.

Marcelo Xavier

Marcelo Xavier é artista plástico, escritor, cenógrafo, figurinista, autor de livros infantis. É formado em Publicidade pela PUC Minas e artista plástico autodidata. Já fez muitas coisas na vida. Ilustrou livros, criou e realizou inúmeros projetos gráficos, produziu e dirigiu programas para a televisão, trabalhou em publicidade, com cenografias, figurinos e adereços para espetáculos de teatro, música, dança e carnaval.

Foi colunista do jornal Hoje em Dia de junho de 2012 a junho de 2014. Escrevia às terças-feiras, dirigindo um olhar inusitado sobre a cidade e seus moradores. Entre as 104 crônicas produzidas, 31 foram selecionadas para o livro “A Cara da Rua”, lançado em 2013.

Marcelo é portador de uma doença degenerativa chamada esclerose lateral amiotrófica, que compromete a força dos músculos. Desde 2009, a cadeira de rodas é sua acompanhante fiel. Mas a doença não lhe tira a alegria de viver e de continuar trabalhando: “Quando você perde esses predicados físicos, a sua vaidade vai perdendo terreno. E vai ganhando o espírito, o seu estado espiritual. Então, favorece a uma criação artística, a uma percepção artística”.

Andreliana Lopes Pereira - A Menina de Rodinhas Vai para Escola

Este livro é baseado em uma história real. Bella, uma menina com paralisia cerebral e microcefalia foi matriculada pela família em uma escola pública regular, seguindo orientação de uma médica. Neste livro você poderá acompanhar um pouco da trajetória escolar dessa doce menina. Descobrirá que há possibilidades em toda parte, basta deixar-se mover pelo mais nobre dos sentimentos, o amor.

Horário: 19h30
Duração: 90 minutos
Capacidade: 724 lugares
Público: Jovens / Universitários / Professores
Teatro do Centro Cultural Usiminas