De onze a dezesseis de junho no Centro Cultural Usiminas Instagram
Instagram
11/06
Terça
O Que Fica?
Intervenção Artística
Denise Maria

Denise Maria traz para o 12° Salão do Livro Vale do Aço a intervenção artística urbana “O que fica?”.

A intervenção “O que fica?” é um dos desdobramentos de uma pesquisa da artista Denise Maria, iniciada no ano de 2012, sobre o universo feminino, a cultura do estupro, as diversas formas de violência contra as mulheres e vulneráveis, além de questões relacionadas ao bullying e ao assédio moral. Uma ação performática é criada durante a cena, utilizando a escrita, a fala e a construção cênica de um varal composto com roupas manchadas de vermelho, que simboliza o sangue das vítimas de violência. Tudo que é criado durante a cena compõe, ao final, uma instalação de arte. O foco do trabalho é provocar a reflexão e o pensamento crítico sobre as questões relacionadas às agressões contra as mulheres e vulneráveis e incentivar o combate e enfrentamento dessas violências.

Horário: 18h
Duração: 60 minutos
Capacidade: 100 lugares
Público: Livre
Jardim Literário - Jardim Externo do Centro Cultural Usiminas
11/06
Terça
Abertura Solene - Mundo ao Avesso
Espetáculo Teatral
Direção João Carlos Cardoso

Mundo ao avesso é um universo visto pelos olhos da arte. Perante a lei natural da arte, somos todos diferentes, porém iguais! Com esse conceito, o Espaço Cultural Casa Laboratório, em parceria com instituições de amparo a portadores de Síndrome de Down, se prepara para a criação de um espetáculo lúdico evidenciando-os como protagonistas da ação. Valorizando a diversidade e o valor pessoal que cada ser humano carrega, a performance irá reunir dança, música e teatro para a criação de um mundo onde tudo parece, mas não é do avesso. É preciso treinar os olhos da plateia para ver o que essas pessoas têm para apresentar.

Horário: 19h
Duração: 60 minutos
Capacidade: 724 lugares
Público: Livre
Teatro do Centro Cultural Usiminas


Entrada franca, sujeita à lotação do espaço.
11/06
Terça
Entre Linhas - Alinhavando Conversas com Recuperandos da APAC
APAC - Associação para a Proteção e Assistência aos Condenados e Welington Silveira (mediação)

APAC - Associação para a Proteção e Assistência aos Condenados é um modelo de prisão aberta onde o papel de administração dos estabelecimentos penais do Estado é transferido para a sociedade, por meio de entidades locais sem fins lucrativos. A APAC é uma entidade não governamental, atuando sob a fiscalização do Ministério da Justiça e de Secretarias de Estado, que tem como principal objetivo implantar um novo processo de acompanhamento e reabilitação de presos nas unidades que administra, no país já somam mais de 100 unidades distribuídas por 15 Estados.

Receberemos no 12° Salão do Livro Vale do Aço, para uma roda de conversa com o público, os recuperandos da APAC de Timóteo/MG que foram inspiração para a exposição Entre Linhas, do fotógrafo Wellington Pererira. Em meio a imagens e cartas, relatos emocionantes dessa fase de transição, de recuperação mental e ressocialização.

Horário: 20h
Duração: 60 minutos
Capacidade: 100 lugares
Público: Livre
Galeria Hideo Kobayashi do Centro Cultural Usiminas
12/06
Quarta
A Menina de Ouro
Lançamento de Livro e Bate-Papo com a Escritora
Thayza Araujo

O livro de colorir “A menina de ouro” com texto da professora Thayza Araújo e ilustração da professora Thaís Mira é uma produção da Editora Santorini da cidade de Joinville. De maneira sensível e educativa o livro é baseado na história da Hadassah que em seu nascimento foi diagnosticada com a Síndrome de Leigh que é uma doença neurológica grave que normalmente se manifesta durante o primeiro ano de vida. Esta doença é caracterizada por um atraso e perda progressiva das capacidades mentais e motoras, levando, normalmente, à morte nos primeiros dois a três anos de vida, usualmente devido a falha respiratória. Entretanto, a “menina de ouro” é lutadora e durante esses anos tem superado inúmeros desafios e tem aproveitado tudo aquilo que a infância lhe oferece. Por isso, ao adquirir e ler o livro muitos serão inspirados pela linda história da “menina de ouro”.

Horário: 17h
Duração: 60 minutos
Capacidade: 60 lugares
Público: Livre
Café Literário do Centro Cultural Usiminas
12/06
Quarta
Socos e Alívios
Lançamento de Livro e Bate-Papo com a Escritora
Girvany de Morais - Escritores do Vale

A obra, Socos e Alívios, caracteriza-se como algo novo no mundo da escrita: minicontos. Ela problematiza temais reais sociais presentes na sociedade de forma breve e irreverente. Também alivia com sonhos e desejos de uma vida melhor.

Horário: 19h
Duração: 60 minutos
Capacidade: 60 lugares
Público: Livre
Café Literário do Centro Cultural Usiminas
12/06
Quarta
Mamãe Ficou Dodói
Lançamento de Livro e Bate-Papo com a Escritora
Fabiana Temponi

A relação de amor e cuidado entre mãe e filha resultou no livro "Mamãe ficou Dodói", que conta a experiência da família durante o tratamento do câncer. A ideia surgiu quando a filha, depois de acompanhar todo tratamento, desenvolveu um bloqueio de memória sobre o período. O livro foi uma forma de ajudar a menina a se lembrar do ocorrido e aceitar as dificuldades e maus sentimentos que surgiram nesta época. Com linguagem simplificada, voltado para o público infantil, a obra conta com ilustrações riquíssimas e uma evolução de cores e sentimentos.

A missão do livro, por meio desta experiência pessoal, é desmistificar a decisão de esconder as situações delicadas das crianças e envolvê-las nos processos, para que ganhem confiança e se sintam segura em relação ao futuro desconhecido.

Horário: 20h
Duração: 60 minutos
Capacidade: 60 lugares
Público: Livre
Café Literário do Centro Cultural Usiminas
13/06
Quinta
O Mundo ao Redor do Caracol
Lançamento de Livro e Bate-Papo com a Escritora
Luiza Faria Beraldino - Escritores do Vale

O caracol sai de casa em uma linda jornada pelo “mundo afora” em busca de comida para alimentar sua família. Uma história com sensos de solidariedade, amizade, diversidade, foco e consciência econômica e ambiental.

Horário: 18h
Duração: 60 minutos
Capacidade: 60 lugares
Público: Livre
Café Literário do Centro Cultural Usiminas
13/06
Quinta
Se Eu Sonhar
Lançamento de Livro e Bate-Papo com a Escritora
Fernanda Santana - Escritores do Vale

Beatriz era uma mulher realizada e cheia de planos para o futuro, mas a notícia do falecimento do seu namorado acabou destruindo todos os seus sonhos e tirando o seu brilho. Tudo parecia dar errado até um reencontro mudar toda a sua vida.

Uma visita que veio para mostrar um novo caminho, novas oportunidades e, quem sabe, uma nova chance para o amor.

Horário: 20h
Duração: 60 minutos
Capacidade: 60 lugares
Público: Livre
Café Literário do Centro Cultural Usiminas
13/06
Quinta
Com Passo Solto
Apresentação Musical
Sérgio Biazin

Sérgio Biazin é cantor e interprete nascido na cidade de Timóteo. Ele carrega em sua bagagem musical diferentes expressões da cultura popular, tendo como forte influência a música brasileira e a latina. O artista neste show, convida os espectadores a vivenciar uma experiência musical dinâmica, com uma performance autêntica, composta por canções variadas que oscilam por universos tranquilos e dançantes.

Horário: 20h
Duração: 90 minutos
Capacidade: 50 lugares
Público: Livre
Jardim Literário - Jardim Externo do Centro Cultural Usiminas
14/06
Sexta
Brincando de Deus
Lançamento de Livro e Bate-Papo com o Escritor
Caberto Pimenta

Caberto não é um contador de histórias, é um autor que perdeu a visão por volta dos 25 anos de idade (hoje tem 65 anos), mas vem exercitando sua imaginação, já com dois outros textos infanto-juvenis no prelo. Participou da Feira do Livro de Betim, em 2018, contando como cria seus personagens, como a imaginação basta para se criar uma obra literária, e de que como vem mudando sua vida, de advogado, com a literatura.

Horário: 17h
Duração: 60 minutos
Capacidade: 60 lugares
Público: Livre
Café Literário do Centro Cultural Usiminas
14/06
Sexta
Você Quer Ser Um Professor?
Lançamento de Livro e Bate-Papo com o Escritor
Hárlen Ribeiro - Escritores do Vale

Se por um lado somos todos potencialmente receptores de saberes, por outro o conhecimento tem a obrigatoriedade de também pertencer ao que o transmite.

Nessa permuta na qual a experiência de alguém precede a de outrem, o anseio por aprender talvez seja tão antigo quanto o de ensinar. O desejo de produzir algo que valesse de auxílio para os iniciantes no ramo da docência foi que impulsionou a continuidade deste projeto. Embora seja pequeno frente aos inúmeros materiais didáticos de capacitação da pedagogia como um todo, se posiciona, humildemente, como um subsídio de experiência subjetiva que, pode se dizer, é muito válido. Com essa perspectiva, este livro se lança na tendência da difusão do saber aos “novatos”.

Horário: 19h
Duração: 60 minutos
Capacidade: 60 lugares
Público: Livre
Café Literário do Centro Cultural Usiminas
14/06
Sexta
Bombyx Mori
Lançamento de Livro e Bate-Papo com o Escritor
Adilson Mariano

Bombyx Mori é o nome do bicho da seda. Inseto que constrói o próprio casulo, ainda em forma de pequena lagarta se hospeda e metamorfoseia em mariposa em busca de luz. Narrado em primeira pessoa, cada conto apresenta o processo de metamorfose no qual passa a mulher em desconstrução e reconstrução de seu próprio destino. O poder da mulher não está somente em tecer o seu destino, mas em destecer e tecer novamente e quantas vezes achar necessário. As reflexões da mulher no século XXI vão muito além do sucesso profissional, vão de encontro a aceitação de si mesmo. Deixar o chão da lagarta para alçar o infinito.

Horário: 20h
Duração: 60 minutos
Capacidade: 60 lugares
Público: Livre
Café Literário do Centro Cultural Usiminas
14/06
Sexta
Eternamente Elis
Apresentação Musical
Nêga Ágna e Ícaro Lugão

Elis Regina Carvalho Costa, mais conhecida como ELIS REGINA é sem dúvidas, um dos maiores marcos da música brasileira, sendo a maior intérprete das músicas de grandes compositores brasileiros. Ela com toda a sua intensidade, maestria, gingado e potência vocal nos abraçou, emocionou, seduziu e nos levou a dimensões jamais exploradas. Elis, com certeza, nos traz até hoje a poderosa força que a música tem de nos conectar com o todo.

Esse show, em especial, traduz sentimentos e aguça os sentidos daqueles que desejam se conectar por meio da música a uma energia e sensação de completude, de lavar a alma com todo o amor emitido. É assim, é como Elis sempre foi.

Para apimentar ainda mais, coisa que a nossa Pimentinha sempre adorava, acrescentamos a essa receita outras pitadas de: Clube da Esquina, Tom Jobim, Caetano Veloso, Vinícius de Moraes e Toquinho nas quais não fazem parte da receita, mas dão ainda mais tempero a esse belo banquete. Bem-vindos e desfrutem!

Horário: 20h
Duração: 100 minutos
Capacidade: 50 lugares
Público: Livre
Jardim Literário - Jardim Externo do Centro Cultural Usiminas
15/06
Sábado
O Novo Olhar de Aninha
Lançamento de Livro e Bate-Papo com a Escritora
Nancy Nogueira

Aninha é alegre e criativa, gosta de brincar com seus amigos, se divertir, gosta também de estudar. Só que alguma coisa estava estranha, algo estava deixando a menina preocupada. Mas ela conseguiu resolver tudinho e fazer descobertas incríveis!

Horário: 11h
Duração: 60 minutos
Capacidade: 60 lugares
Público: Livre
Café Literário do Centro Cultural Usiminas
15/06
Sábado
Ricontar Histórias
Contação de Histórias
Ricardo Flávio Albino

Ricardo Flávio Albino nasceu com paralisia cerebral, mas os limites físicos não o impediram de seguir adiante e buscar seu sonho de ser jornalista. Cadeirante, a seu tempo, estudou, entrou para faculdade, se formou e criou um blog. Passou então a contar suas histórias, e por meio delas passar uma linda lição de vida, com o seu projeto Ricontar Histórias.

Ricontar Histórias é uma página criada em 2017 com a finalidade de divulgar o seu trabalho como contador de histórias, formação que possui desde 2015, pelo Instituto Cultural Aletria. O objetivo da página, e de seu criador, é levar a todos os lugares possíveis a aceitação das diferenças.

Horário: 11h
Duração: 40 minutos
Capacidade: 50 lugares
Público: Livre
Jardim Literário - Jardim Externo do Centro Cultural Usiminas
15/06
Sábado
Coração Esquecido
Lançamento de Livro e Bate-Papo com o Escritor
João André Grossi

Um avô e um neto que são acometidos do mesmo problema: um coração esquecido. Um livro que fala de perda, mas também sobre como lidar com ela de uma forma apaixonante, inspiradora e poética... deixando que as boas memórias preencham o vazio deixado por quem se foi.

Horário: 15h
Duração: 60 minutos
Capacidade: 60 lugares
Público: Livre
Café Literário do Centro Cultural Usiminas
15/06
Sábado
De Lá do Interior
Contação de Histórias
Grupo HistoriArte

A arte se manifesta em todas as suas formas: na poesia, nos objetos, na dança, nas músicas com seus instrumentos e nas histórias que o povo vive e conta. Somos um povo que cria e vive a sua arte, transforma o seu modo de viver num modo de ser artista de sua própria história. É o verdadeiro povo brasileiro que vem se amostrar neste espetáculo de histórias, músicas e poesias ao som da alma da sanfona.

Horário: 15h
Duração: 40 minutos
Capacidade: 50 lugares
Público: Livre
Jardim Literário - Jardim Externo do Centro Cultural Usiminas
15/06
Sábado
ABRAAI
Posse dos Novos Acadêmicos da ABRAAI Seguido de Lançamentos de Livros
Lançamentos dos livros “Entre versos poéticos olhares aldrávicos diversos” (autores diversos membros da ABRAAI) e “O filho único de Eugênia pena cor” (Maria Goretti de Freitas)

A ABRAAI - RM - IPATINGA (Academia Brasileira dos Autores Aldravianistas Infantojuvenil - Representação Municipal - Ipatinga), foi instalada no município em 10 de junho de 2017, sediada na Escola Estadual Dr. Ovídio de Andrade, no bairro Bom Retiro.

Será realizada a Cerimônia de Posse de seus neoacadêmicos, 17 estudantes de várias escolas do município que se tornarão, a partir da posse, Membros Efetivos. A solenidade contará com uma programação Lítero-cultural, para celebrar o momento: a ABRAAI - Ipatinga lançará seu primeiro livro.

Os acadêmicos selecionados tiveram seus nomes aprovados pela Coordenação da ABRAAI em Ipatinga, para fazerem parte da vida desta academia, por suas valorosas produções literárias, que comprovaram competência para o desenvolvimento de atividades relacionadas ao desenvolvimento das letras, da literatura e da arte.

Coordenadora Geral: Goretti de Freitas
Coordenadores: Carlos Alberto Santos Júnior
Flávia Frazão

Horário: 16h
Duração: 90 minutos
Capacidade: 724 lugares
Público: Livre
Teatro do Centro Cultural Usiminas


Entrada franca, sujeita à lotação do espaço.
15/06
Sábado
“Um Ano Bom” e “Um Amor de Muitos Verões”
Lançamento de Livro e Bate-Papo com a Escritora
Ana Faria

Um Ano Bom

Christopher é um aluno querido na escola, sempre cercado de amigos e garotas. Vivendo seu último ano do Ensino Médio, com uma vida confortável até então, Chris vê seu mundo abalado quando uma nova aluna surge na classe, atraindo seu interesse e despertando em seu coração sentimentos nunca antes experimentados. A princípio Chris e Clara pareciam ser incompatíveis, mas na medida em que vão se conhecendo, muito do que acreditavam começa a ser questionado e o amor surge inexplicavelmente.

Um Amor de Muitos Verões

Guilherme e Silvia se conheceram em Arraial do Cabo quando ainda eram jovens e se reencontraram por três verões seguidos, vivendo um grande amor e uma profunda amizade. A vida e a distância fizeram com que cada um seguisse o seu caminho, guardando com carinho as lembranças daqueles verões que passaram juntos. Depois de doze anos, Silvia retorna a Arraial do Cabo, mais bonita, mais madura... e com o coração partido. Ela vive um momento triste, que desafia suas virtudes da fé, perdão, esperança e amor. Arraial do Cabo é o seu refúgio, em razão das belíssimas paisagens e das preciosas memórias que guarda. O reencontro com Guilherme é inevitável, embora ela não tenha ido até lá para vê-lo exatamente. Seria possível o amor que sentiam um pelo outro ter sobrevivido tanto tempo? Será que um amor assim tão grande teria a capacidade de curar o coração ferido de Silvia? O tempo seria um inimigo ou um aliado? Esta é uma história de como o amor pode ir muito além da paixão e resistir às imposições do espaço e do tempo.

Horário: 17h
Duração: 60 minutos
Capacidade: 60 lugares
Público: Livre
Café Literário do Centro Cultural Usiminas
15/06
Sábado
Abrindo o Baú de Histórias
Contação de Histórias
Paulo Fernandes

O Baú de Histórias é uma viagem ao mundo da oralidade. Por meio dele, o contador de histórias faz o intermédio entre os tempos atuais e as histórias contadas de geração para geração desde o tempo dos avós. São histórias que trabalham valores, exploram diversidade cultural e homenageiam a infância, a ludicidade e o brincar.

Horário: 17h
Duração: 50 minutos
Capacidade: 40 lugares
Público: Livre
Jardim Literário - Jardim Externo do Centro Cultural Usiminas
15/06
Sábado
As Cornucópias da Fortuna
Lançamento de Livro e Bate-Papo com o Escritor
Beto Oliveira

Helena, Marcel e Eva recebem a difícil notícia de que tia Fortuna, mãe de criação dos três órfãos, tem apenas alguns meses de vida. Com tristeza, os três se preparam para a morte da tia. Porém, a morte não chega, o que resulta em momentos de alegria, mas também de decepção, já que os personagens vão cada vez mais se preparando para essa despedida. O texto, que foi um dos vencedores do Prêmio FUNARTE de Dramaturgia de 2014, aborda a dimensão trágica da vida, para a qual os planejamentos humanos não são suficientes.

Horário: 19h
Duração: 60 minutos
Capacidade: 60 lugares
Público: Livre
Café Literário do Centro Cultural Usiminas
15/06
Sábado
Contos, Versos e Canções de Amor Nascente
Apresentação Musical e Contação de Histórias
Betariz Myrrha e Marcos Albricker

Beatriz Myrrha e Marcos Albricker narram, recitam e cantam o amor e o erotismo num espetáculo que reúne, entre outros, textos e canções de Affonso Romano de Santanna, Arnaldo Jabor, Carlos Drummond de Andrade, Chico Buarque, Erasmo Carlos, Isabel Allende, Marina Colassanti, Rita Lee, Roberto de Carvalho, Sivuca, Tom Jobim, Vander Lee, Vinicius de Moraes, da própria dupla entre outros. O espetáculo propõe um mergulho nos sentimentos mais profundos de amor e suas relações, bem como nas sensações que uma palavra de erotismo provoca. Uma noite para viver o plural.

Horário: 20h
Duração: 90 minutos
Capacidade: 50 lugares
Público: Livre
Jardim Literário - Jardim Externo do Centro Cultural Usiminas
16/06
Domingo
Por Quê o Cabelo da Princesa Foi Passear?
Lançamento de Livro e Bate-Papo com o Escritor
Rodrigo Cristiano & Contação de História - Daniela Alves - Espaço Dama Cultural

Livro - Rodrigo Cristiano

A princesinha Lara era conhecida no reino por ser linda, inteligente e esperta. Ela adorava brincar com seus amigos e, para ela, não tinha essa história de brincadeira de menino e brincadeira de menina. Um dia, porém, Lara adoeceu... A doença era grave, e os médicos disseram que, durante o tratamento, o cabelo da princesa sairia para passear. E se ele não voltar nunca mais, como vou fazer? E minhas tranças, meus penteados e meus laços?, assustou-se Lara. Mas a princesinha não desconfiava que uma linda surpresa iria transformar aquela situação em uma inesquecível oportunidade para plantar a sementinha do amor e da solidariedade.

Contação de Histórias - Daniela Alves - Dama Produções

Um momento lúdico e interativo no qual as crianças são convidadas a conhecer a história da Lara e participarem, todas juntas, de um desfile de turbantes, perucas e chapéus coloridos, mostrando que o amor e a criatividade podem tornar qualquer realidade um pouco mais leve e bela.

A trilha sonora é muito especial, afinal, nossa princesa Lara é fã do mais puro rock do reino.

Horário: 10h
Duração: 120 minutos
Capacidade: 60 lugares
Público: Livre
Café Literário do Centro Cultural Usiminas
16/06
Domingo
Show Cênico Geleia e Gelatina
Apresentação Musical e Contação de Histórias
Sérgio Geleia e Janaína Starling

Olá, somos o grupo Geleia & Gelatina que trabalha com música, teatro e literatura infantil. No nosso espetáculo tocamos clássicos da música infantil, como Toquinho, Vinícius de Morais e Palavra Cantada; canções infantis autorais que abordam de maneira muito divertida diversos temas, como meio ambiente, Língua Portuguesa, Geografia, aprendizado de línguas, relações sociais, Matemática e muitos outros, além de brincadeiras, atividades e também interpretamos histórias musicais de nossos livros infantis publicados pela editora EIS.

Horário: 10h30
Duração: 90 minutos
Capacidade: 50 participantes
Público: Livre / crianças a partir de 5 anos
Jardim Literário - Jardim Externo do Centro Cultural Usiminas
16/06
Domingo
Raizes
Lançamento de Livro e Mini Sarau com as Escritoras
Thabata Cristina, Giovanna Heliodoro, Regiane Martins, Karine Basse (organizadora e editora da coletânea)

Raízes é uma coletânea de crônicas, contos, poemas e poesias escritas por mulheres pretas brasileiras. São 20 escritoras, que falam sobre negritude, sobre feminismo, política e o dia a dia da favela, já que todas são periféricas. As autoras estão dispostas no livro por ordem alfabética, então fica até mais fácil encontrá-las lá dentro.

Thabata Cristina começa já escrevendo sobre a solidão da mulher preta gorda, algo que deve ser dito e discutido. No geral, mulheres pretas já são sozinhas, não são vistas como boas opções para um relacionamento sério ou um casamento, imagine então quando essa mulher preta é gorda, bem fora dos padrões de beleza. Também escreve sobre resistência e afirma várias vezes que nosso corpo é nosso e só nós podemos mandar nele.

”Meu corpo é meu
É o sonho meu
Poder ser livre de verdade”

Horário: 14h
Duração: 120 minutos
Capacidade: 60 lugares
Público: Livre
Café Literário do Centro Cultural Usiminas
16/06
Domingo
Contação de Histórias com Danças Circulares
Contação de Histórias
Dama Espaço Cultural

Uma roda. Um convite para, de mãos dadas, dançarmos juntos. Nessa dança circular há um centro e a organização é a partir do centro. Há uma filosofia, um propósito. Os movimentos são estruturados e, quanto mais simples, mais se tem a sensação de estar sendo “dançado” (como a sensação que experimentamos ao sermos levados pela imaginação quando ouvimos uma boa história).

Entre as danças, histórias de mulheres que viveram o feminino com intensidade e transformaram suas próprias vidas. Como, por exemplo, a história da menina Frida, que se tornou uma das maiores pintoras do México e, para celebrar sua força e suas origens, uma coreografia em roda inspirada na cultura mexicana.

Partindo para outro continente, outra história, dessa vez da pequena Grace O’Halley, que se tornou a primeira Pirata Irlandesa da História. E não por acaso passamos pela Irlanda, país com tradição nas danças circulares.

Histórias para todas as idades contadas com elementos que ilustram o enredo, compõem personagens e formam uma instalação no centro da roda.

Horário: 15h
Duração: 50 minutos
Capacidade: 50 lugares
Público: Livre
Jardim Literário - Jardim Externo do Centro Cultural Usiminas
16/06
Domingo
Banda Cabra Cega
Apresentação Musical

“A arte musical de quem não vê para quem vê.”

Formada em janeiro de 2002, o Grupo Forró Cabra Cega (ex Bão Dimais), traz uma característica ímpar no meio artístico, todos os músicos são cegos. São ex-alunos do Instituto São Rafael, escola especializada para cegos em Belo Horizonte.

Show festivo com melhor do forró tradicional, no repertório clássicos do cancioneiro dos amantes de forró, que vão desde pérolas do rei Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Anastácia, Trio Forrozão, Trio Virgulino, Alceu Valença, Fagner, Zé Ramalho, releituras de artistas mineiros como Paulinho Pedra Azul, entre outros.

Compõem o grupo os músicos Jerônimo Rocha, baixista, vocalista e diretor musical; Alessandra Madureira, triangueira e vocalista; Paulino Dias Guimarães, vocalista e percussionista; Leo Batera, zabumbeiro e baterista; Zé Maria no violão, Altas Felipe nas flautas e Jeanderson no acordeom.

Horário: 16h30
Duração: 60 minutos
Capacidade: 724 lugares
Público: Livre
Teatro do Centro Cultural Usiminas


Entrada franca, sujeita à lotação do espaço.