Grupo Autêntica

Criada em 1997, a Autêntica Editora se consolidou no mercado editorial brasileiro como referência na área acadêmica. Sempre fiel à sua perspectiva de lançar livros de qualidade, buscar assuntos inovadores e, ao mesmo tempo, diversificar o catálogo para atender às demandas de seu cada vez mais abrangente público, a casa tornou-se, em 2011, o Grupo Editorial Autêntica.

Atualmente possui seis editoras: a Autêntica Editora, com foco em livros nas áreas de ciências humanas, literatura brasileira e estrangeira e clássicos infantojuvenis; a Editora Gutenberg, com livros de para jovens e adultos; a Editora Nemo, destinada à publicação de quadrinhos, graphic novels e livros voltados ao universo geek; a Editora Vestígio, com livros de não ficção, romances históricos e títulos de interesse geral; e a Yellowfante, com publicações voltadas para o público infantil. Já a Autêntica Business se dedica à área de negócios, administração, marketing e vendas.

www.grupoautentica.com.br

Catálogo:

Livros em destaque :

Anne de Green Gables

Lucy Maud Montgomery (autoria), Márcia Soares Guimarães (tradução)

Se você gostou de Pollyanna, vai se apaixonar por Anne de Green Gables.

Quando os irmãos Marilla e Matthew Cuthbert, de Green Gables, na Prince Edward Island, no Canadá, decidem adotar um órfão para ajudá-los nos trabalhos da fazenda, não estão preparados para o “erro” que mudará suas vidas: Anne Shirley, uma menina ruiva de 11 anos, acaba sendo enviada, por engano, pelo orfanato.

Apesar do acontecimento inesperado, a natureza expansiva, sempre de bem com a vida, a curiosidade, a imaginação peculiar e a tagarelice da menina conquistam rapidamente os relutantes pais adotivos. O espírito combativo e questionador de Anne logo atrai o interesse das pessoas do lugar – e muitos problemas também.

No entanto, Anne era uma espécie de Pollyanna, e sua capacidade de ver sempre o lado bonito e positivo de tudo, seu amor pela vida, pela natureza, pelos livros conquista a todos, e ela acaba sendo “adotada” também pela comunidade.

Publicada pela primeira vez em 1908, esta história deliciosa, que ilustra valores fundamentais como a ética, a solidariedade, a honestidade e a importância do trabalho e da amizade, teve numerosas edições, já tendo vendido mais de 50 milhões de cópias em todo o mundo. Foi traduzida para mais de 20 idiomas e adaptada para o teatro e o cinema.

Mais recentemente, inspirou também a série Anne com E, já com duas temporadas na Netflix.

Chapeuzinho Amarelo

Chico Buarque (autoria), Ziraldo (ilustração)

Chapeuzinho Amarelo conta a história de uma garotinha amarela de medo. Tinha medo de tudo, até do medo de ter medo. Era tão medrosa que já não se divertia, não brincava, não dormia, não comia. Seu maior receio era encontrar o Lobo, que era capaz de comer “duas avós, um caçador, rei, princesa, sete panelas de arroz e um chapéu de sobremesa”.

Ao enfrentar o Lobo e passar a curtir a vida como toda criança, Chapeuzinho nos ensina uma valiosa lição sobre coragem e superação do medo. Já em sua 41º edição, este clássico de nossa literatura infantil vem encantando gerações e gerações de leitores. O livro de Chico Buarque recebeu, em 1979, o selo de “Altamente Recomendável”, da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ), e, em 1998, Ziraldo conquistou o Prêmio Jabuti na categoria Ilustração.

Hipopô

Weberson Santiago (texto), Weberson Santiago (ilustração)

Hipopô, o hipopótamo, sofria por ser diferente de todo mundo: era grandão, pesado, atrapalhado… Por isso, se isolava, ia ficando cada vez mais sozinho – até que, no dia do seu aniversário, teve uma grande surpresa e descobriu uma coisa muito, muito importante.

Inventadeira de besteira, eu?!

Sonia Junqueira (autoria), Elisabeth Teixeira (ilustração)

Nome: Sandra
Apelido: Danda
Idade: 3.285 dias e uns quebrados
Série em que estuda: 4a .
Gosta: de dançar, de ler, de ir ao cinema, de rir, de andar descalça, de chuva, de queijo com café. E de palavras. ADORA palavras.
Não gosta: de gente que funga, de lesma, de tropeção, de gente que fala tudo terminado em inho, da palavra ojeriza.
Mania: ficar deitada no chão observando formigas ou nuvens
Família: pai, mãe, irmãozinho, vó, gato, cachorro, papagaio
Amigas: a Duda, a Val, a Tuca e a Dora
Inimigos: o Lalo, até outro dia…
Depois que Sandra, sem querer, contou pro Lalo um segredo que estava acontecendo com ela, a menina passou a receber gozações e zombarias de todo mundo. Mas ninguém podia imaginar que ela ia embarcar numa Senhora Aventura, cheia de alegria e de mistério, coisa que só gente inventadeira consegue viver…

Os Saltimbancos

Chico Buarque, Sergio Bardotti, Luis Enriquez Bacalov (autoria), Ziraldo (ilustração)

Inspirada em “Os músicos de Bremen”, dos Irmãos Grimm, e voltada ao público infantil, a obra do músico e escritor Chico Buarque, em parceria com Sergio Bardotti (letras) e Luis Enriquez Bacalov (músicas), valoriza o respeito e a solidariedade. Nessa aventura de quatro bichos que, sentindo-se ameaçados e explorados por seus donos, resolvem fugir para a cidade em busca do sonho de formar um conjunto musical, escapando da opressão, evidencia-se, também, uma alegoria política. O livro, clássico, ainda conta com as ilustrações de Ziraldo.