Takorama Brasil invade a internet com filmes infantis

A partir da próxima terça-feira (15/9), festival apresenta curtas-metragens para educadores, crianças e jovens em todo o país; filmes trazem abordagens sobre tolerância, empatia, amizade, ecologia e cidadania

Uma maratona de filmes infantis inéditos vai invadir as telas dos computadores, tablets e smartphones de todo o Brasil, na próxima terça-feira (15/9). O Takorama BrasilFestival Internacional de Cinema traz entretenimento, arte e diversão gratuita para animar o período de quarentena das crianças, adultos, educadores e de toda a família. A programação vai até o dia 28 de outubro e pode ser acessada pelo site www.takorama.com.br.

Os filmes podem ser assistidos em qualquer horário e, apesar de serem de diferentes países, poderão ser apreciados por públicos de qualquer língua. Entre os destaques da programação estão os premiados o “Meu Estranho Avô”, de Dina Velikovskaya (Rússia, 2011), “O Emprego”, de Santiago Bou Grasso (Argentina, 2008) e “O Complexo do Porco-espinho”, de LISAA, que traz uma história para refletir sobre o bullying, autoconfiança e as tribulações de uma jovem ouriço.

Realizado com recursos do Fundo de Apoio à Aprendizagem, da Fundação Lemann e Imaginable Futures, o Takorama Brasil é uma iniciativa da Associação Internacional Films pour Enfants (filmes para crianças), proposto pela produtora 3emeio no Brasil. Tem como parceiros internacionais a Comissão Nacional Francesa da Unesco, Global Alliance for Partnerships on Media and Information Literacy (GAPMIL), United Nations Office on Drugs and Crime (UNODC) e grupo Growing up & understanding digital tools 3-6-9-12.

“Um festival online foi desenvolvido para o contexto do isolamento social para que as crianças continuem em contato com os professores, mas também com outras crianças e descubram a diversidade cultural que os rodeia”, conta Christophe Defaye, fundador da Associação Internacional Films pour Enfants.

Ações em Minas Gerais

Em Minas Gerais, o Takorama conta com a parceria do 13º Salão do Livro Vale do Aço, patrocinado pela Usiminas, com o apoio do Instituto Usiminas, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais. O festival de cinema levará conteúdo pedagógico complementar às sessões de filmes e contará também com ações direcionadas às escolas das redes públicas e privadas de 23 municípios mineiros. Estão na lista, escolas dos municípios: Açucena, Antônio Dias, Belo Oriente, Bom Jesus do Galho, Braúnas, Bugre, Caratinga, Cel. Fabriciano, Córrego Novo, Dom Cavati, Inhapim, Ipaba, Ipatinga Jaguaraçu, Joanésia, Marliéria, Mesquita, Naque, Pingo D´Água, Santana do Paraíso, São Sebastião do Anta, Sobrália e Timóteo.

PROGRAMAÇÃO

A programação do Takorama traz filmes de diversos países. São 15 curtas-metragens, com duração média de cinco minutos, sem publicidade, com abordagens sobre tolerância, empatia, amizade, ecologia e cidadania. São filmes de diversos países que foram cuidadosamente selecionados pela Associação Internacional Films pour enfants, que é especializada em filmes para esse público.

O programa é dividido em cinco categorias, para crianças e adolescentes de 3 a 17 anos.  O público poderá opinar e votar no seu filme favorito, dando voz às crianças, como júris mirins. Além disso, a plataforma do festival oferece um material pedagógico para cada filme a serviço das famílias e educadores, que podem questionar os filmes e desenvolver atividades educativas junto com as crianças. Os professores podem participar do festival com sua turma e incluir uma experiência lúdica e inovadora nas atividades escolares.

Compartilhar:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email